O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Gaia dá salto tecnológico na resposta à emergência

Gaia dá salto tecnológico na resposta à emergência

Sistema Integrado de Gestão arranca esta terça-feira, centralizado no quartel dos bombeiros Sapadores. Informação das ocorrências seguida em tempo real nos oito monitores da sala de comando.

Começa esta terça-feira uma nova era para as operações de socorro em Gaia. Arranca o Sistema Integrado de Gestão de Emergência (SIGE), centralizado no quartel dos Sapadores, mas a envolver todas as corporações de bombeiros do concelho, com a mais-valia tecnológica das ocorrências serem seguidas em tempo real nos ecrãs da sala de comando.

O investimento, partilhado pela Autarquia e pelo programa POSEUR, foi de 380 mil euros e o presidente da Câmara, Eduardo Vítor Rodrigues, assinala que a resposta será "mais célere", entre o alerta e a chegada dos meios. A informação "integrada e em rede", das corporações de Valadares, Coimbrões, Aguda, Carvalhos, Crestuma e Avintes, assim como da Polícia Municipal, será monitorizada em permanência, durante 24 horas, por uma equipa que tem à sua frente oito ecrãs. "Acompanhar por georreferenciação o posicionamento das viaturas" e "pelo registo estatístico analisar os pontos críticos, para reduzir as ocorrências", são outros propósitos, adianta o comandante dos Sapadores, José Viana.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG