Exclusivo

"Meter este mamarracho na Granja é destruir património"

"Meter este mamarracho na Granja é destruir património"

Os moradores da Granja, em Gaia, voltam a sair à rua, no domingo, para protestar contra a passagem aérea na linha ferroviária. Às 11 horas da manhã vão fazer uma vigília, que apelidam de "velório". Apesar da travessia superior estar quase instalada, continuam a reivindicar a construção de um túnel.

Discordam da opção da empresa Infraestruturas de Portugal (IP) e reclamam mais apoio por parte da Câmara de Gaia. Consideram ainda ser tempo para fazer marcha atrás na obra. Lembram ter enviado à IP duas propostas de projeto, "com túnel e a ver-se o mar", mas que ficaram sem resposta.

A insatisfação é grande. Também há o receio de represálias, por isso nem todos querem dar a cara. "Meter aqui este mamarracho é estar a destruir o património" ou "isto é a morte da Granja" são alguns dos lamentos ouvidos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG