O Jogo ao Vivo

Vila Nova de Gaia

Novo padre de Canelas escoltado mais uma vez pela GNR

Novo padre de Canelas escoltado mais uma vez pela GNR

Pelo quarto domingo consecutivo, o novo padre de Canelas, Gaia, saiu da igreja escoltado pela GNR e sob protestos e assobios de centenas de pessoas que exigem o regresso do antigo sacerdote, destituído pela Diocese do Porto.

Vestidas de preto e com t-shirts com a imagem do antigo pároco Roberto de Sousa, as pessoas concentradas à porta da igreja iam cantando e gritando "Roberto, o povo está contigo", empunhando bandeiras negras onde se lia "A igreja passou a tribunal, só saem com escolta policial", enquanto decorria a homília.

A decisão de afastar o padre Roberto de Sousa da paróquia de Canelas foi tomada em finais de julho pela Diocese do Porto, tendo chegado a haver um recuo a meio de setembro, mas a determinação ficou concretizada no início de novembro.

O novo sacerdote, Albino Reis, aproveitou a oração do "Pai-Nosso" para dizer "livrai-nos de toda a perturbação", em vez de "livrai-nos de todo o mal", numa alusão ao que acontecia no exterior.

A terminar a Eucaristia, o sacerdote pediu aos católicos para se reunirem na próxima quinta-feira, no Salão Paroquial de Canelas, para se encontrarem novos ministros da comunhão, acólitos, leitores, cantores e catequistas, dado se terem demitido em protesto com a saída de Roberto de Sousa.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG