Vila Nova de Gaia

Teleférico arranca no final de Janeiro com descontos

Teleférico arranca no final de Janeiro com descontos

O teleférico de Gaia começa a funcionar no final de Janeiro e até ao Verão haverá descontos nos bilhetes. É a quarta data anunciada para a abertura do equipamento, mas o administrador da concessionária garantiu ontem, à Câmara, que é a definitiva.

Nos primeiros meses de funcionamento, os utilizadores do teleférico poderão adquirir os bilhetes das viagens, entre a Calçada da Serra e o Cais de Gaia, com desconto.

Ainda não está definida a percentagem, mas é certo que a campanha promocional para divulgar aquele novo meio de transporte estará em vigor, pelo menos, até ao início do Verão, referiu, aoJN, Firmino Pereira, vereador das Obras Municipais da Câmara de Vila Nova de Gaia.

A Autarquia está também a estudar uma forma de ajudar a promover e incentivar o uso do teleférico. E a solução deverá passar pela criação de um passe especial para idosos que permita viajar nas cabines a preços mais acessíveis.

"Vamos tentar que paguem o menos possível", assegurou o vereador, frisando que também neste caso ainda não está definido o valor dos descontos. A Câmara assumirá a diferença nestes bilhetes, explicou Firmino Pereira. 

Embora o presidente da Câmara de Gaia já tenha afirmado que os preços dos bilhetes ainda não estão fixados, tanto quanto se sabe, não serão apropriados para todas as bolsas.

A minuta do contrato para a construção do equipamento, aprovado pelo Executivo em Junho de 2007, previa que as viagens simples, entre a Calçada da Serra e o Cais de Gaia, ficassem por seis euros e as viagens de ida e volta por 9,5 euros.
Luís Filipe Menezes sempre defendeu que o teleférico deverá servir o turismo, mas também a população, enquanto transporte que faz a ligação da cota alta à cota baixa e vice-versa, beneficiando da proximidade do metro na Avenida da República.

PUB

Nesse sentido, a empresa concessionária está a negociar com a Empresa do Metro do Porto a inclusão dos bilhetes do teleférico no sistema Andante.Segundo Firmino Pereira, ainda não há acordo.

Janeiro de 2011 é a quarta data anunciada pela Câmara de Gaia para a entrada em funcionamento daquele equipamento, que representa um investimento de 10 milhões de euros. A primeira foi o S. João deste ano, seguiram-se os meses de Setembro e Novembro.

Os atrasos, justificou o vereador das Obras Municipais, estarão relacionados com a empreitada realizada na estação à cota alta.
Hoje à tarde, o Executivo vai reunir-se numa sessão extraordinária para votar o Orçamento para 2011 e analisará ainda uma proposta para abertura de um concurso público para a requalificação da Calçada da Serra, onde fica a estação à cota alta.

A empreitada  a realizar naquele arruamento, que ficará exclusivo para peões, está orçada em 700 mil euros e deverá arrancar no mês de Março. "O nosso objectivo é conseguir ter tudo pronto no mês de Junho", afirmou Firmino Pereira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG