O Jogo ao Vivo

Gaia

Zoo Santo Inácio desconfina e reabre aos visitantes

Zoo Santo Inácio desconfina e reabre aos visitantes

O Zoo Santo Inácio, em Vila Nova de Gaia, voltou a abrir portas ao público esta terça-feira, pondo fim ao confinamento que durava desde janeiro. A retoma está a ser vivida com felicidade por todos: funcionários e visitantes.

Miúdos e graúdos já podem rever o leão Itar, o rei do parque (por ser o animal que mais concentra as atenções), o tigre Radzi e a hiena Buyah, que é recém-mamã e segura o filhote pelo cachaço para que todos possam admirar a novidade.

O desconfinamento era bastante aguardado. As visitas dão vida ao zoo. Por isso não admira o magote de chamadas recebido pela diretora, Teresa Guedes. Muita gente ansiava por este dia. A pandemia restituiu a valia do contacto com a natureza e as pessoas estão desejosas de arejar.

PUB

Se o tempo ajudar, os responsáveis pelo zoo têm a esperança de ainda fazer uma boa campanha, sendo certo que a época de turismo da Páscoa perdeu-se e as excursões dos grupos escolares são uma incerteza. "Este ano, as quebras andam na ordem dos 97%, mas nada faltou aos animais", sossega a diretora. Talvez as gargalhadas das crianças, que agora estão de regresso.

Os funcionários também aguardavam pela retoma. Uma parte esteve em layoff, mas a equipa está novamente junta e em pleno. Aguarda-os mais trabalho, pois a primavera vai trazer nascimentos. Buyah já exibe a sua cria, porém há outras espécies que não estiveram meramente a dormir durante o confinamento.

"Nunca parámos . Tínhamos um fundo de maneio e recebemos donativos", adianta Teresa Guedes, lembrando que as pessoas podem apadrinhar qualquer animal, desde o leão aos pinguins, passando pela girafa e os rinocerontes, só para citar alguns dos mais apreciados, conseguindo, dessa forma, ajudar o orçamento do parque e obter vantagens, como o cartão que garante a entrada sem custos o ano inteiro, a par de outros benefícios. O apadrinhamento custa 50 euros.

A paragem desde janeiro foi aproveitada para fazer trabalho de casa. O zoo entrou em obras, que ainda duram, mas nada incomodam. No final do mês prevê-se a conclusão. Haverá uma praça onde estarão concentrados os serviços antes dispersos: bilheteira, loja e posto de informações.

No Zoo Santo Inácio existem 600 animais, de 200 espécies, que se distribuem ao longo de 15 hectares. Esta terça-feira, dia do recomeço, a esplanada também abriu, com os visitantes a desfrutarem da vista e da sombra, enquanto saboreavam um gelado ou ingeriam uma bebida fresca.

O verdejante recinto gaiense está aberto todos os dias. Durante a semana pode ser visitado entre as 10 horas e as 19 horas. Aos sábados e aos domingos fecha mais cedo, encerrando os portões às 13 horas. Os adultos pagam 15,90 euros para entrar, enquanto que o bilhete para as crianças é de 10,50 euros. Até aos dois anos idade, o acesso é gratuito.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG