Erasmus

Milhares no último adeus a jovem de Abrantes que morreu na República Checa

Milhares no último adeus a jovem de Abrantes que morreu na República Checa

Tomás Alcaravela, estudante de Medicina na República Checa, foi enterrado esta quarta-feira no Cemitério de Santa Catarina, em Abrantes.

O corpo do jovem de 19 anos foi trasladado na madrugada de terça-feira para Portugal, após ter sido encontrado sem vida, no dia 8 de novembro, na claraboia do prédio onde vivia.

O presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Valamatos, refere que estiveram presentes nas cerimónias fúnebres "milhares de pessoas" e que "o clima era de consternação". "Foi uma tragédia. Perdeu-se um jovem, filho e neto de pessoas queridas da comunidade", afirma. O pai é médico e a mãe professora.

Amigos, professores, funcionários e colegas da escola onde Tomás estudava antes de entrar na Faculdade de Medicina de Pilsen da Universidade de Charles, na República Checa, juntaram-se à família para assistir à missa na Igreja de S. Vicente e ao enterro.

O estudante esteve desaparecido entre a madrugada de sábado, dia 6, e a noite de segunda-feira, dia 8. A última vez que foi visto com vida foi no seu apartamento. Antes, terá estado na discoteca No Limits. A autópsia terá apurado que não houve envolvimento de terceiros na sua morte.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG