Benavente

Mãe e dois filhos perdem tudo em incêndio

Mãe e dois filhos perdem tudo em incêndio

Uma mulher e dois filhos menores, de 10 e 14 anos, ficaram sem teto e perderam todos os seus haveres na sequência de um incêndio, que na quarta-feira lhes destruiu a casa que habitavam no Porto Alto, concelho de Benavente.

Uma onda solidária de vizinhos e amigos permitiu a recolha de vários bens essenciais, como roupas, que já foram doados à família, que pede agora ajuda para encontrar uma casa para alugar a um preço acessível.

Fonte ligada à família explicou ao JN que a mulher, funcionária de uma associação recreativa local, está a pedir ajuda para conseguir encontrar uma casa perto do seu emprego, a "preço acessível". Logo após o incêndio, foi a própria patroa que a acolheu provisoriamente em casa. A família necessita de uma casa, eletrodomésticos, móveis, roupas e comida, sendo que o ponto de recolha solidário é na sede da Associação Recreativa do Porto Alto (AREPA).

"A senhora é muito estimada na comunidade conhecida por ser uma 'mulher de trabalho', que nunca vira a cara à luta", explicou ao JN um amigo da família, salientando que o foco principal "é mesmo a casa", já que os donativos recolhidos em apenas 24 horas foram uma "boa ajuda" para os primeiros tempos.

O incêndio ocorreu quarta-feira, mais ou menos à hora do jogo entre Portugal e Marrocos, alegadamente na sequência de um curto-circuito. Apesar da pronta intervenção dos Bombeiros de Samora Correia e Benavente e da ajuda dos vizinhos, o fogo consumiu todo o recheio da casa. Mãe e filhos ficaram apenas com a roupa que tinham no corpo. Perderam tudo. Dinheiro, bens, eletrodomésticos, móveis, roupa, calçado e até a comida.

ver mais vídeos