Chamusca

Empresário, filho e funcionário morrem em fossa de suinicultura na Chamusca

Empresário, filho e funcionário morrem em fossa de suinicultura na Chamusca

Três pessoas morreram, este sábado, na sequência da queda numa fossa de uma suinicultura, na Chamusca. Um outro filho do empresário está hospitalizado em estado grave.

A queda ocorreu ao início da tarde e os bombeiros tentaram resgatar com vida as vítimas, mas, já esta noite, o JN conseguiu confirmar que as três vítimas que estavam submersas na fossa morreram no local.

"Estão três mortos confirmados, do sexo masculino, com 30, 34 e 50 anos", referiu a fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR), em declarações à Lusa, ao fim da noite de sábado.

Segundo foi possível apurar no local, entre as vítimas mortais estão Rui Cordeiro, conhecido empresário de Leiria e proprietário da exploração, o filho Gonçalo, com cerca de 30 anos, que vive no Brasil e se encontrava de férias em Portugal, e um funcionário.

Os dois feridos são a filha do funcionário que morreu, que foi acometida de doença súbita quando soube do acidente do pai e está hospitalizada em Santarém, e um outro filho de Rui Cordeiro, Rafael, que se encontra em coma induzido.

Alerta ao início da tarde

Segundo informações do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém, ao início da tarde, o alerta para o acidente foi dado às 15.33 horas. No pedido de socorro, foi reportada a queda de quatro pessoas numa fossa de dejetos de uma suinicultura, com seis metros de profundidade, na Herdade da Galega, freguesia da Carregueira.

Uma equipa de salvamento em grande ângulo dos bombeiros de Alpiarça esteve no local para resgatar os corpos, operação para a qual foram mobilizadas ambulâncias de várias corporações da região.

Para o local foram mobilizados 26 operacionais, das corporações de Alpiarça, Chamusca, Constância, Entroncamento e Golegã, auxiliados por 10 viaturas. Foi ainda acionada uma equipa de psicólogos do INEM e a GNR.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG