O Jogo ao Vivo

Igreja

Como Fátima está a preparar o regresso das missas

Como Fátima está a preparar o regresso das missas

O Santuário de Fátima vai retomar as missas comunitárias a partir deste sábado, com novas regras de higiene e segurança, que vão ser recordadas aos peregrinos pelo sistema sonoro e pelos vigilantes distribuídos pelos principais locais de acesso ao recinto de oração.

O uso de máscara e a higienização das mãos vai ser obrigatório nos espaços fechados do complexo religioso, assim com o distanciamento social. Na Basílica da Santíssima Trindade, onde passa a ser celebrada a maioria das missas, haverá um circuito de entrada e outro de saída.

À entrada, irão ser colocados dispensadores de máscaras de proteção, para quem queira entrar no templo e não esteja munido com este tipo de equipamento. Os lugares onde os fiéis se poderão sentar já estão marcados, ficando a Basílica com uma lotação máxima de cerca de 2.000 pessoas (antes, dava para perto de 9000).

Na Capelinha das Aparições, onde está colocada a imagem original da Nossa Senhora de Fátima, também haverá lugares marcados para assegurar o distanciamento, e quando aumentar a afluência, os peregrinos serão aconselhados a espalhar-se pelo recinto, explicou ao JN a diretora do gabinete de comunicação do santuário.

Segundo Carmo Rodeia, os peregrinos vão receber informação das regras a cumprir, não só através do sistema sonoro, mas também através da sinalética já colocada e dos vigilantes, para que sejam cumpridas as regras definidas pela Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), em articulação com as autoridades de saúde. Se por alguma razão se verificar que as normas não estão a ser cumpridas pelos fiéis, poderão ser definidas novas medidas.

Neste novo modelo, e pelo menos até 26 de outubro, as missas das 7.30 horas, 9, 11 horas (durante a semana), 15, 16.30 e 18.30 horas decorrerão na Basílica da Santíssima Trindade. Ao sábado e ao domingo, a missa das 11 horas terá lugar no recinto de oração. A bênção dos veículos, que se realiza todos os domingos, às 12.45 horas e 17 horas, passa a fazer-se no parque 12, ao lado do Centro Pastoral de Paulo VI.

Numa mensagem dirigida aos peregrinos, o reitor do santuário, padre Carlos Cabecinhas, convida os fiéis a regressarem a Fátima e a aproveitarem "este tempo novo como uma oportunidade para viver a fé com entusiasmo e em comunidade, à imagem dos santos Pastorinhos".

Outras Notícias