Incêndio

Fogo em Ourém obriga ao corte da Linha do Norte. Transbordo feito por autocarros

Fogo em Ourém obriga ao corte da Linha do Norte. Transbordo feito por autocarros

O incêndio que deflagrou esta sexta-feira à tarde em Ourém obrigou ao corte da circulação na Linha do Norte e atingiu um aviário, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

De acordo com a mesma fonte, a circulação de comboios na Linha do Norte está interrompida desde cerca das 18.30 horas devido a este fogo, que atingiu, entretanto, um aviário na localidade de Resouro, na freguesia de Espite.

O JN sabe que os passageiros estão a ser levados de autocarro até à estação de Pombal, de forma a conseguirem prosseguir a viagem. Na estação do Entroncamento, a longa espera fez com que a comida disponível no bar esgotasse. A água teve de ser reabastecida.

PUB

"O incêndio está ativo com muita intensidade. A velocidade de propagação é muito elevada, motivada por projeções a longa distância", explicou o CDOS de Santarém.

Segundo a página da Internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), às 18:50 o incêndio mobilizava 329 operacionais, com o apoio de 95 veículos e seis meios aéreos.

O alerta para o fogo foi dado às 14.40 horas, na localidade de Carvalhal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG