Santarém

Idoso fintou vigilância para estar com mulher infetada com covid-19

Idoso fintou vigilância para estar com mulher infetada com covid-19

Entre os 18 utentes que foram retirados do lar na Póvoa de Santarém por terem dado negativo no teste à covid-19, estava um homem que passou a noite com a mulher infetada.

O casal de idosos tinha sido separado na quarta-feira à noite, depois de ela ter testado positivo e ele negativo, mas o homem não quis ficar sem a companhia da mulher e escapou à vigilância para dormir ao lado dela.

A informação foi avançada ao JN por José Guilherme, comandante dos Bombeiros Sapadores de Santarém e coordenador da Proteção Civil Municipal no mesmo concelho: "Devido a esta situação toda, tiveram que ser separados. Ele, sabendo que ia ser retirado do lar de manhã, fintou a pessoa que estava a tomar conta e foi ter com a esposa ao quarto durante a noite. Quando fomos fazer a evacuação, já de manhã, decidimos que até ordem do delegado de Saúde o senhor ficava porque tinha de ser visto".

Uma história de amor

A meio da manhã de ontem, o delegado de saúde observou o idoso e deu ordem para a retirada do homem do lar, juntamente com os outros 17 utentes que não têm covid-19. A mulher, positiva, mas assintomática, teve de ficar no lar e é uma das 21 utentes com diagnóstico positivo que permanecem ali. A intenção do homem era ficar junto da mulher, mas acatou a ordem das autoridades de saúde e o casal separou-se temporariamente.

"Não deixa de ser uma história de amor", relatou o comandante, referindo que se trata de um casal "com idade avançada". Já são casados "há muitos anos e moram no mesmo quarto do lar há meia dúzia de anos", acrescenta José Guilherme.

Outras Notícias