Acidente

Três portugueses que morreram na Holanda eram de Almada

Três portugueses que morreram na Holanda eram de Almada

Três jovens residentes em Almada, um rapaz e duas raparigas, foram identificados como as vítimas do violento despiste numa autoestrada em Rosmalen, Holanda, no domingo.

André Cardadeiro, Diana Magalhães e Inês Marques, todos com cerca de 20 anos, faleceram quando a viatura onde seguiam na autoestrada se despistou, embateu violentamente contra um poste e incendiou-se.

Os três jovens portugueses viviam em Nuland e trabalhavam numa empresa transportadora em Eindhoven. Em Portugal, André Cardadeiro trabalhou no Jardim Zoológico de Lisboa e a sua namorada, Diana Magalhães, tinha formação em enfermagem. Os dois estavam à procura de melhores condições de vida fora de Portugal.

Inês Marques, praticante de Muay Thai e que já trabalhou como bailarina do cantor Fernando Correia Marques, juntou-se ao casal recentemente para trabalhar na mesma empresa logística em solo holandês. O acidente deu-se no domingo, mas as identidades das vítimas só foram confirmadas na segunda feira.