Almada

Tartaruga gigante "pescada" na Caparica

Tartaruga gigante "pescada" na Caparica

Animal foi capturado por redes de pesca, pesa 100 quilos e mede 1,70 metros

Uma tartaruga-de-couro gigante com 1,70 metros foi apanhada pelas redes de uma embarcação da pesca de arte xávega na Costa de Caparica. O animal está agora no Centro de Reabilitação de Animais Marinhos (CRAM) em Ílhavo (Aveiro), onde ficará até poder ser devolvida ao mar.

Fonte do CRAM explicou ao JN que a tartaruga, que deu à costa na última quinta-feira, ainda não foi pesada, porque os especialistas não querem causar-lhe "mais stress". No entanto, estima-se que pese mais de 100 quilos. A mesma fonte adianta que o animal apresenta "escoriações causadas pelas redes de pesca" e que ainda está em observação para uma melhor avaliação do seu estado de saúde. Foram feitos exames e análises para apurar se haverá outros problemas de saúde.

Anteontem, a Polícia Marítima esteve no local e contactou o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, que pediu a comparência de uma equipa do CRAM de Ílhavo para que a tartaruga, da espécie dermochelys coriacea, fosse recolhida.

Por volta das 16.30 horas, o animal foi transportado de carro para a garagem do posto da Polícia Marítima, longe dos olhares curiosos dos muitos banhistas que se encontravam na praia.

Habitualmente, as tartarugas-de-couro nadam ao lado da costa portuguesa, mas não perto de terra, e podem chegar aos dois metros de comprimento.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG