Exclusivo

Bactéria Legionella detetada em pavilhão municipal no Barreiro

Bactéria Legionella detetada em pavilhão municipal no Barreiro

A bactéria Legionella foi detetada no Pavilhão Municipal do Barreiro. A autoridade de saúde local encerrou o espaço e não foram detetados quaisquer casos de infetados. Ao que o JN apurou, nesta quinta-feira apenas as equipas seniores de basquetebol do concelho utilizam o pavilhão para treinar. Estão proibidas de usar os balneários e de beber água canalizada.

De acordo com fonte oficial da Autoridade Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), "a situação foi comunicada à Autoridade de Saúde Local no dia 8, que de imediato suspendeu todas as atividades no Pavilhão Municipal do Barreiro até à implementação de medidas corretivas impostas". A ARSLVT refere que "a entidade gestora do Pavilhão implementou todas as medidas, tendo sido as mesmas verificadas 'in loco' pela Autoridade de Saúde, o que aconteceu terça-feira" e acrescenta "que ninguém foi infetado".

As atividades foram retomadas na quarta-feira após a contra análise que mostrou a inexistência da bactéria no local. A bactéria Legionella pneumopHila provoca uma pneumonia grave conhecida como Doença dos Legionários se for inalada. O surgimento desta bactéria é normalmente associado à falta da manutenção dos equipamentos de arrefecimento dos espaços onde surgem as bactérias e transmite-se através do vapor de água.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG