Grândola

Idosa encontrada morta em casa com sinais de violência. Filho é o principal suspeito 

Idosa encontrada morta em casa com sinais de violência. Filho é o principal suspeito 

Uma idosa de 83 anos foi este sábado encontrada morta em casa, em Grândola, com sinais de violência e subnutrição. O filho, de 45 anos, com quem partilhava a casa, é o principal suspeito e está a ser interrogado pela Polícia Judiciária de Setúbal.

O alerta foi dado às 13.40 horas de sábado para a casa onde a idosa vivia, o número dez da Rua 25 de Abril. Ao que o JN apurou, a mulher estava deitada na cama com rigidez cadavérica que indiciava estar morta há pelo menos um dia.

A GNR acorreu ao local e, após verificar os sinais de violência que o corpo apresentava, bem como de subnutrição, chamou a Polícia Judiciária de Setúbal.

Os inspetores estiveram na residência a recolher provas até perto das 19.40 horas, quando os bombeiros foram remover o cadáver e transportá-lo para a morgue do Hospital do Litoral Alentejano.

A vítima será agora submetida a autópsia. O suspeito encontra-se na Polícia Judiciária de Setúbal.

Outras Notícias