Seixal

Festa de três dias originou foco de covid-19 no Bairro da Jamaica

Festa de três dias originou foco de covid-19 no Bairro da Jamaica

Uma festa de três dias no início de maio na localidade da Aroeira, perto da praia da Fonte da Telha, está na origem do surto de covid-19 no Bairro da Jamaica, Seixal. Há 16 casos positivos no bairro.

A autarquia, em nota veiculada esta quarta-feira, esclarece que no dia 14 de maio teve conhecimento da existência de alguns casos de moradores do bairro que teriam contraído o vírus numa festa na Aroeira em que participaram vários jovens de diversos concelhos da Área Metropolitana de Lisboa, nos dias 1, 2 e 3 de maio.

Logo após tomar conhecimento, no dia 15, as autoridades de saúde solicitaram a colaboração da Câmara Municipal do Seixal para a realização de ações de sensibilização no bairro da Jamaica, na Amora e em Santa Marta, em Corroios.

A autarquia informa ainda que nos dias seguintes, entre 16 e 18, as equipas da Câmara Municipal e a PSP esclareceram e distribuíram máscaras a todos os moradores, que foram "sensibilizados para a necessidade de evitar ajuntamentos, bem como para alertar para a necessidade de confinamento".

A autarquia critica a Direção-Geral da Saúde (DGS) pela forma como deu a conhecer o caso. "O Município do Seixal solicitou à Unidade de Saúde Pública de Almada e Seixal que lhe fosse prestada a informação sobre a origem dos novos casos que surgem no concelho e a sua evolução, de modo a poder ajudar na sua contenção. Lamentamos que essa informação não tenha sido facultada ao Município e às instituições que estão na linha da frente e que depois seja conhecida através da comunicação social. Não nos parece que esta seja a melhor forma de combatermos esta pandemia".

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG