Exclusivo

Caos na Urgência de Setúbal esgotou oxigénio para idosos

Caos na Urgência de Setúbal esgotou oxigénio para idosos

A grande afluência de utentes com idade avançada no Serviço de Urgência do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, muitos transferidos de outras unidades da região sobrelotadas, levou a que a meio da tarde de quinta-feira faltasse oxigénio para administrar aos idosos que permaneciam na Sala Aberta, completamente lotada.

A informação foi prestada ao JN por fonte médica do hospital, que confirmou igualmente um grande número de utentes colocados em macas nos corredores da por falta de camas. Fonte oficial do hospital desmentiu ter faltado oxigénio na Urgência.

A grande afluência de população, maioritariamente idosa, aos serviços de urgência dos três principais hospitais da região - Barreiro, Almada e Setúbal - nos últimos dias levou a que muitas ambulâncias tivessem de ser desviadas para outros hospitais. Ontem à tarde, em Setúbal, as ambulâncias acumulavam-se junto às urgências, aguardando pela libertação de macas. Bombeiros de Amora, de Almada e Alcochete foram desviadas para Setúbal. O Centro Hospitalar de Setúbal chegou a informar o CODU que o Serviço de Urgência se encontrava congestionado. Apesar disso, "a via Verde de AVC e Via Verde Coronária estão a funcionar normalmente", avançou fonte oficial do centro hospitalar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG