Setúbal

Fachada da Cruz Vermelha vandalizada com mensagem de ódio policial

Fachada da Cruz Vermelha vandalizada com mensagem de ódio policial

A fachada da sede da Delegação de Setúbal da Cruz Vermelha, na baixa de Setúbal, foi vandalizada com mensagens de ódio policial grafitadas a vermelho. Duas mensagens foram pintadas junto à entrada principal.

O ato de vandalismo ocorreu na madrugada de domingo e a PSP esteve no local, remetendo depois o expediente para o Ministério Público. Ao que o JN apurou, até esta quinta-feira, as autoridades não tinham recebido qualquer queixa pelo proprietário da fachada vandalizada.

Nas redes sociais, a Delegação de Setúbal da Cruz Vermelha Portuguesa criticou a forma como muitos dos protestos contra o racismo se têm "traduzido em ataques a estátuas de figuras humanitárias, pensadores e outros que se bateram pela liberdade bem como a edifícios de instituições humanitárias cuja missão é precisamente combater as desigualdades respeitando as diferenças de cor, religião ou pensamento".

"Isto leva-nos a pensar que as pessoas que cometem estes atos sabem muito pouco sobre História. Vandalizar e destruir nunca pode ser a resposta", pode-se ler.