SAPEC

Qualidade do ar restabelecida após incêndio em fábrica de enxofre

Qualidade do ar restabelecida após incêndio em fábrica de enxofre

A qualidade do ar na zona de influência de um incêndio hoje ocorrido num armazém de enxofre de uma fábrica em Setúbal está restabelecida, informou em comunicado a Agência Portuguesa do Ambiente.

A APA explica que a fábrica onde ocorreu o incêndio (fábrica SAPEC) situa-se na zona de qualidade do ar de Vale do Tejo e Oeste e que devido ao incêndio foi libertado dióxido de enxofre para o ar.

O poluente foi "monitorizado em contínuo através das estações de qualidade do ar existentes no território nacional", diz a APA, explicando que devido aos ventos a nuvem poluente foi arrastada para norte, atravessou a Reserva Natural do Estuário do Sado e atingiu de manhã a zona de Vila Franca de Xira.

Em Vila Franca, na estação de Alverca, registaram-se entre as 08:00 e as 12:00, valores elevados de concentração de dióxido de enxofre, com um pico às 11:00. A situação de aumento de poluição foi corroborada pelas estações da VALORSUL localizadas em Póvoa de Sta. Iria e Sta. Iria de Azóia, "estimando-se ser esta a área de influência da nuvem poluente", acrescenta-se no comunicado.

A APA estima que os níveis elevados de dióxido de enxofre na proximidade da fábrica aconteceram durante a noite (o incêndio deu-se às 03:00), o que terá diminuído a exposição das pessoas ao poluente.

E garante que desde as 14:00 os valores observados nas estações fixas de qualidade do ar "decresceram significativamente, encontrando-se a situação controlada".

A APA "está a acompanhar a sua evolução em permanência com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo, entidade gestora da qualidade do ar desta região, com a Autoridade Nacional de Proteção Civil e com as demais autoridades locais", refere o comunicado.

Na manhã de hoje a nuvem de fumo provocada pelo incêndio levou a proteção civil a aconselhar as populações das freguesias de Praias do Sado e Faralhão e, mais tarde, da freguesia de Gambia, Pontes e Alto da Guerra a ficarem em casa.

O incêndio que deflagrou hoje, às 03:00, num armazém da Sapec Agro, em Mitrena, Setúbal, foi controlado, mas as operações de rescaldo deverão prolongar-se.

Do incêndio resultaram seis feridos ligeiros, que já tiveram alta hospitalar, informou hoje ao final da tarde a empresa de produtos agrícolas.

Outros Artigos Recomendados