Setúbal

Orcas atacam cinco veleiros ao largo de Sines

Orcas atacam cinco veleiros ao largo de Sines

Entre este domingo e segunda-feira, cinco veleiros tiveram interações com grupos de orcas ao largo de Sines. Num dos casos, foi necessário reboque para o Porto de Sines devido aos danos provocados no leme da embarcação, que perdeu as condições de navegabilidade.

O caso mais grave ocorreu ao final da tarde de domingo. Um veleiro com dois tripulantes seguia ao largo do Pinheiro da Cruz, Melides, quando sofreu danos no leme devido à interação com um grupo de cinco orcas. Foi acionada a lancha do Instituto de Socorro a Náufragos de Sines que rebocou o veleiro para o Porto de Sines. Os tripulantes não sofreram ferimentos.

As restantes quatro interações, duas no domingo e duas esta segunda-feira, apenas provocaram susto nos tripulantes. As orcas acabaram por seguir o seu caminho sem danificar o leme dos veleiros ao ponto de os fazer perder a navegabilidade.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG