Educação

António Costa inaugura escola requalificada em Arcos de Valdevez

António Costa inaugura escola requalificada em Arcos de Valdevez

A Escola Básica 2,3/S de Arcos de Valdevez, que sofreu obras de requalificação resultantes de um investimento de mais de 4,1 milhões de euros, foi, esta quarta-feira, inaugurada pelo primeiro-ministro e pelo ministro da Educação.

Considerando que "investir na Educação é investir na cidadania qualificada", António Costa destacou que "o maior défice estrutural que o país tem é o das qualificações". O trabalho a fazer nos próximos anos deverá, por isso, centrar-se no combate ao abandono escolar precoce, realçou o primeiro-ministro, esperando alcançar em 2020 uma taxa de apenas 10% nesta matéria.

"O maior compromisso que temos é, no final da próxima década, em 2030, termos subido de 45 para 60% o número de jovens com 20 anos que participam no Ensino Superior", afirmou o primeiro-ministro, acrescentando que o país não vai ser competitivo à custa dos baixos salários, mas com base no conhecimento, sendo fundamental apostar na Educação.

António Costa reforçou ainda a importância do papel dos professores e de toda a comunidade educativa na educação das crianças e jovens, dando ainda os parabéns a todos os envolvidos pelo sucesso do ano letivo que está a chegar ao fim. "Quem melhor ensina as crianças é também quem melhor sabe definir aquilo que as crianças têm, precisam e como podem aprender", atestou.

Já o presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez aproveitou a presença do primeiro-ministro para fazer referência aos 10 milhões de euros já investidos nos últimos cinco anos na área da Educação. E ainda para pedir atenção ao Governo para a necessidade de "reter e atrair talento", sugerindo a deslocalização de cursos do Ensino Superior, escolas ou faculdades para este concelho ou outros no interior do país, de forma a ajudar e dinamizar os concelhos, as economias locais, criar oportunidades, emprego qualificado e empreendedorismo.

Com um investimento total superior a 4,1 milhões de euros, a obra na Escola Básica 2,3/S de Arcos de Valdevez​​ fez-se com uma comparticipação comunitária do Programa Norte 2020, de 2,7 milhões de euros, e um investimento de 1,2 milhões da Câmara Municipal, com a restante verba a ser atribuída pelo Governo.