Arcos de Valdevez

Após raio fatal, pastor já comprou 85 cabras com ajuda de veterinários

Após raio fatal, pastor já comprou 85 cabras com ajuda de veterinários

O pastor Dario Lima, que viu 68 cabras mortas por um raio, disse estar "muito contente" com o dinheiro que recebeu esta sexta-feira da Ordem dos Médicos Veterinários para pagar 85 cabeças que encomendou para repor o rebanho.

"Já comprei ontem [quinta-feira] 85 cabeças de cabras, em Terras de Bouro [Braga]. Ainda não fiz bem as contas, mas acho que dá uns seis mil e poucos euros. Quem não fica contente com uma ajuda destas?", questionou o pastor, de 53 anos.

Em declarações à agência Lusa, Dario Lima disse que, "além do prejuízo e do desgosto, sem esta ajuda tinha de juntar o dinheiro" para repor o rebanho da raça autóctone Bravia, investimento que não seria fácil de realizar de forma tão rápida.

"Claro que fico contente, e obrigado por me terem apoiado. A gente [referindo-se à mulher, sócia no negócio de pastoreio] ficou contente porque é uma ajudinha boa", acrescentou.

Das 85 cabeças de raça Bravia que comprou, 45 são fêmeas. "Venderam-me a 70 euros por cabeça, por serem todas novas, as mais velhas são de 2015, porque me conhecem e souberam o que me aconteceu, e por serem criadores que têm muitos animais dispensaram-me estas", explicou. Segundo Dario Lima, o preço normal destes exemplares "nunca é menos de 80 euros".

PUB

Dario Lima acredita que o dinheiro recolhido na campanha lançada pela Ordem dos Médicos Veterinários vai chegar para cobrir todas as despesas de reposição do efetivo.

"Cerca de seis mil euros é para empregar nelas. Perdi 68 e comprei 85. Comprei a mais, mas gostei delas. Ainda tenho de pagar o transporte que ficará em cerca de 250 euros. É um bocadinho longe e cobram ao quilómetro. Se sobrar, compro mais cabras quando me aparecerem", acrescentou.

Em três dias conseguiram-se 6449 euros

Em declarações à agência Lusa, o Bastonário da Ordem dos Médios Veterinários (OMV), Jorge Cid, sublinhou o "tempo recorde, três dias", em que se juntaram 6449 euros.

Jorge Cid destacou que o cheque do donativo, entregue esta sexta-feira, junta "o contributo de mais de 200 pessoas, entre médicos veterinários e sociedade civil, que contribuíram para minimizar o grande prejuízo económico que o pastor sofreu e que ficaram sensibilizadas pelo amor que estas pessoas têm pelos seus animais".

Em 9 de abril, cerca das 15 horas, um raio matou 68 cabras de raça Bravia de Dario Gonçalves de Lima. O pastor andava com o rebanho, composto por cerca de 350 cabras, pelos montes de Gondoriz, em Arcos de Valdevez, no distrito de Viana do Castelo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG