Incêndios

Arcos de Valdevez aciona Plano de Emergência

Arcos de Valdevez aciona Plano de Emergência

A Câmara de Arcos de Valdevez acionou o Plano Municipal de Emergência face à situação "dramática" que se vive no concelho, palco de vários incêndios.

O vereador da Proteção Civil, Olegário Gonçalves, adiantou que o hotel do Mezio, no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), "já foi evacuado" e que os residentes de 50 habitações do lugar de Vilar de Suente, no Soajo, "foram abrigados dentro de uma capela da aldeia, até o fogo passar, para serem retirados para uma zona segura".

"É, sobretudo, população idosa. Por causa do fogo e do fumo, decidimos retirar as pessoas e colocá-las em segurança", afirmou o responsável, que referiu " há vários incêndios preocupantes no concelho" e que há "um bombeiro ferido no fogo da Gavieira", no PNPG.

O incêndio no lugar de Selim, na freguesia de Couto, e "a propagação para Cabana Maior são as situações que mais preocupam".

O concelho de Arcos de Valdevez localiza-se no distrito de Viana do Castelo.

A Comissão Distrital de Proteção Civil (CDPC) de Viana do Castelo vai reunir esta noite de urgência, para avaliar aplicação do Plano de Emergência Municipal face aos incêndios que afetam o concelho.

O autarca José Maria Costa avançou que a reunião terá lugar às 22.30 horas no Centro Distrital de Operações de Socorro de Viana do Castelo, que funciona nas instalações do antigo Governo Civil, para avaliar a aplicação do Plano de Emergência Municipal, como já aconteceu com Arcos de Valdevez e Ponte de Lima.

PUB

Nas declarações à Lusa, José Maria Costa, que além de autarca dirige a CDCP de Viana do Castelo, disse que a situação no concelho "é muito complicada" e que "os meios no terreno não são suficientes face à dimensão dos fogos".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG