Arcos de Valdevez

Criança ficou com "60% do corpo queimado" por grelhador em piquenique

Criança ficou com "60% do corpo queimado" por grelhador em piquenique

Um menino com cinco anos ficou, este sábado, "com 60% do corpo queimado", depois de ter sido atingido por chamas projetadas pelo tubo da botija de gás de um grelhador que se incendiou, durante um piquenique, em Arcos de Valdevez.

Segundo o comandante da corporação de bombeiros local, Filipe Guimarães, a criança sofreu queimaduras no rosto, pernas e braços e foi transportada em estado grave para o hospital de S. João, no Porto. Adiantou que o incidente aconteceu numa praia fluvial da freguesia de S. Jorge, no decorrer de "um piquenique familiar, com os pais e tios, onde estavam cerca de dez pessoas".

"Foi com um grelhador alimentado por uma botija de gás. A mangueira da botija soltou-se, cuspiu fogo e queimou o menino, que ficou com cerca de 60% do corpo queimado", descreveu o comandante, referindo que, face à suspeita de a criança ter sido atingida também nas vias respiratórias, esta "foi entubada no local".

No local, estiveram nove operacionais com três viaturas dos Bombeiros de Arcos de Valdevez, a SIV local e a VMER do Alto Minho.

Outras Notícias