Exclusivo

Família faz de aldeia do Soajo um doce e sustentável lar

Família faz de aldeia do Soajo um doce e sustentável lar

Joana e Yassine partilham com comunidade como é viver ao sabor dos ciclos da Natureza.

Para chegar ao Soajo, no Parque Nacional da Peneda-Gerês, o carro obriga-se a seguir em primeira por um caminho a pique quase de encontro ao céu. Cumprimentam-se vacas e cavalos que surgem da paisagem verdejante sem pedir licença. No meio das árvores, dos muros rasos ao chão em pedra e de três, quatro casas a piscar o olho, avista-se uma espécie de bungalow, onde vivem a Joana, de 37 anos, o Yassine, de 40 anos, e os dois filhos, Isaac, de 11, e Miriam, de sete. Há oito anos mudaram-se para o Soajo onde vivem uma vida "simples, consciente, presente, com maior harmonia". Joana estudou Microbiologia no Porto e Yassine Osteopatia em Londres. Atravessaram o oceano até à América do Sul para aprofundarem os conhecimentos de permacultura e enraizarem o conceito de ecoaldeia.

O ativismo ambiental já lhes corria nas veias quando a aproximação com povos indígenas lhes incitou um maior respeito pelo ciclo da Natureza.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG