Universidade

Alunos de medicina fazem rastreios em aldeias em Arcos de Valdevez

Alunos de medicina fazem rastreios em aldeias em Arcos de Valdevez

Nos dias 8, 9 e 10 de março, vários alunos do curso de Medicina, da Universidade do Porto vão estar em Arcos de Valdevez a realizar rastreios à população em aldeias mais distantes da sede de concelho.

Esta é já a 15ª edição do Medicina na Periferia e onde são feitos vários rastreios de despiste de doenças cardiovasculares, com a medição da tensão arterial, índice de massa corporal, perímetro abdominal e cálculo do score de risco de Diabetes Mellitus tipo II, mas também são promovidas ações de educação para a saúde, sensibilizando o público-alvo para os cuidados a ter, por exemplo, com a alimentação de forma a prevenir doenças.

Este ano, a iniciativa que é organizada pela Associação de Estudantes do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, em colaboração com a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, vai ainda realizar algumas sessões sobre educação sexual nas escolas do concelho.