Premium

Elevador do tribunal de Arcos de Valdevez está avariado há cinco meses

Elevador do tribunal de Arcos de Valdevez está avariado há cinco meses

O Tribunal Judicial de Arcos de Valdevez está sem elevador desde novembro do ano passado e as pessoas com mobilidade reduzida têm de ser transportadas em braços para o primeiro andar ou, então, as sessões têm de se realizar na entrada do tribunal.

O cenário tem indignado quem precisa de se deslocar à sala de audiências do Tribunal Judicial.

Foi o que aconteceu a Maria de Lurdes Azevedo quando teve de ali levar António de Barros Silva, 54 anos, que não tem qualquer tipo de mobilidade. Maria de Lurdes é família de acolhimento de António e levava-o para uma sessão no tribunal quando se deparou com a impossibilidade de subir ao primeiro andar, onde se situa a sala de audiências, por avaria no elevador.