Espectáculo

"Coro das Velhas" inspira concerto de Sérgio Godinho e população de Caminha

"Coro das Velhas" inspira concerto de Sérgio Godinho e população de Caminha

Sérgio Godinho deu este sábado à noite um concerto acompanhado pela banda Assessores e por cerca de 100 pessoas do concelho de Caminha.

O espetáculo foi ensaiado através de um projeto com o nome de um dos seus temas clássicos, "Coro das Velhas" (1984). Uma canção que começa por falar de Caminha e que no sábado pôs a população a cantar, em coro com o artista, no pavilhão municipal daquela vila minhota.

"Estão contratados", brincou Sérgio Godinho, após as primeiras canções acompanhadas por um grupo coral composto na maioria por mulheres mais velhas, mas também por homens, jovens e crianças.

PUB

"Ia eu pelo concelho de Caminha, quando vi sentada ao sol uma velhinha, curioso, uma conversa entabulei, como se diz nuns romances que eu cá sei, Chamo-me Adozinda, disse, e tenho já os meus 84 anos (...)". É assim que começa a canção "Coro das Velhas", que deu origem à ideia do coro pelo ex-autarca Miguel Alves, também mencionado em palco por Sérgio Godinho.

Além de "Coro das Velhas", que encerrou o emotivo concerto, Godinho cantou antigos temas como "Com um brilhozinho nos olhos", "O primeiro dia", "Que força é essa", "Balada da Rita", o recente "O novo normal" centrado no tema da pandemia", e até "Os Vampiros" de Zeca Afonso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG