Fronteiras

Ferry Caminha-A Guarda retoma carreiras com "1/4 da lotação"

Ferry Caminha-A Guarda retoma carreiras com "1/4 da lotação"

O ferry-boat Caminha-A Guarda retoma a partir de quarta-feira as travessias, com "1/4 da lotação", obrigatoriedade de uso de máscara e desinfetante para as mãos à entrada. A primeira viagem será a partir de Caminha, às 9.30 horas.

Segundo o autarca local, Miguel Alves, "as travessias estão sempre condicionadas às condições de navegabilidade do ferry, por força do assoreamento do canal de navegação".

Esta quarta-feira estão previstas saídas de Caminha às 10h00, 11h00, 12h00, 14h00 e 15h00.

A partir de A Guarda haverá viagens às 09h45, 10h30, 11h30, 12h30, 14h30 e 15h15.

De acordo com Miguel Alves, a lotação para automóveis "mantem-se a mesma", mas a ocupação dos 153 lugares sentados, passa a 36".

"As cadeiras do ferry estão agrupadas em quatro, viradas de frente duas as duas, como nos comboios. Por isso, só superará essa lotação no caso de se tratarem de famílias, que aí as pessoas podem ir juntas", explicou Alves, dizendo-se "entre o satisfeito e o cauteloso" com a retoma da atividade da embarcação ao fim de mais de três meses. "Esta vivência dos dois lados da fronteira faz parte do nosso ADN. E também da nossa economia, que fica coxa sem está perna galega", concluiu o autarca.