Caminha

Menina colhida por bagageira de autocarro "inspira cuidados"

Menina colhida por bagageira de autocarro "inspira cuidados"

Uma das três crianças colhidas pela bagageira de um autocarro, esta quinta-feira, em Vila Praia de Âncora, Caminha, está a ser alvo de uma intervenção cirúrgica e "inspira cuidados", disse fonte daquela unidade.

A menina, irmã de outra das crianças feridas pelo autocarro, "está no bloco operatório" e "inspira cuidados", disse fonte hospitalar à Lusa.

"As outras duas crianças apresentam múltiplas fraturas e estão a ser avaliadas", acrescentou.

Além das três crianças, com 10, 11 e 12 anos, foi ainda colhida uma mulher, familiar, e que segundo o hospital "apresenta uma lesão num membro".

O acidente deu-se no sentido sul-norte da Estrada Nacional 13 (EN13), numa zona sem passadeira e, pela sinalização existente, interdita ao trânsito pedonal, feito pelo interior da vila e viadutos de acesso.

Pelas 16.15 horas, três alunos de duas escolas de Vila Praia de Âncora e um familiar destes circulavam pela berma da estrada, uma zona de duas faixas de rodagem, quando a porta da bagageira lateral direita de um autocarro de passageiros os apanhou.

"O autocarro, sem o condutor se aperceber, trazia a bagageira aberta, ou ela abriu-se com a deslocação do ar, e colheu quatro pessoas", explicou o Comandante Distrital de Operações de Socorro.

PUB

Segundo Paulo Esteves, as crianças, entre as quais um casal de irmãos, foram todas transportadas para o Hospital de Viana do Castelo.

Segundo testemunhas, a circulação pedonal naquela zona da EN13 é usual por ser um "caminho melhor" do que o interior ao separador e usado sobretudo por crianças nas viagens de e para as escolas, como foi o caso.

A Câmara de Caminha accionou, entretanto, a equipa de psicólogos da município para apoiar os familiares dos dois irmãos, que nesta altura são os feridos que inspiram mais cuidados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG