Exclusivo

A "família" de 150 produtores de uvas do alvarinho Soalheiro

A "família" de 150 produtores de uvas do alvarinho Soalheiro

Cento e cinquenta produtores de Monção e Melgaço cultivam vinha para fornecer a marca criada em 1982. A produção começou em 1974 com "meia pipa" de vinho.

Quando em 1974 João Cerdeira plantou um hectare de vinha alvarinho em Alvaredo, Melgaço, o povo da aldeia chamou-lhe "tolo". Ainda assim, familiares deram-lhe a mão na vindima e ajudaram-no a produzir a primeira "meia pipa" de vinho.

Quarenta e sete anos depois, já ninguém duvida do discernimento de Cerdeira, que entretanto faleceu, mas deixou como herança, à mulher, Palmira, e aos dois filhos, Luís e Maria João, uma marca de vinho alvarinho próspera, a Soalheiro, criada em 1982. E uma empresa com uma "família" de 150 produtores de Monção e Melgaço, que lhe fornece cerca de 900 toneladas de uva por ano, paga (ao produtor) a um euro por quilo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG