Covid-19

Cinco médicos e enfermeiros infetados no Centro de Saúde de Melgaço

Cinco médicos e enfermeiros infetados no Centro de Saúde de Melgaço

Três médicos e dois enfermeiros do Centro de Saúde de Melgaço acusaram positivo no teste para Covid-19. É há mais 15 à espera do resultado de testes: 10 enfermeiros, dois médicos e três assistentes técnicos.

O presidente da Câmara, Manoel Batista, exigiu esta quinta-feira o encerramento daquela unidade, após confirmação dos primeiros infetados. "A Câmara Municipal está a desenvolver todas as diligências para que a Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) e a tutela tomem medidas drásticas no Centro de Saúde de Melgaço, após cinco profissionais terem testado positivo para a Covid-19", informou a autarquia, referindo que entretanto "disponibilizou testes a todos os que trabalham nesta unidade de saúde e reclama ação rápida".

"Manter profissionais de saúde, pertencentes a um núcleo já com cinco infetados, a prestar serviços à comunidade, representa um risco de contágio cruzado muito elevado, quando ainda se aguardam os resultados aos 15 profissionais entretanto colocados em isolamento", defende Manoel Batista.

Outras Notícias