Monção

Feira do Alvarinho instala contador à espera de 100 mil pessoas

Feira do Alvarinho instala contador à espera de 100 mil pessoas

A Feira do Alvarinho de Monção abriu, esta sexta-feira, pela primeira vez com um sistema de contagem instalado para aferir a afluência de visitantes e com a expectativa de atingir um número recorde de 100 mil pessoas.

No momento da abertura oficial do evento, cerca das 17 horas, com os termómetros a marcar cerca de 30.º graus, o recinto já estava a fervilhar de gente. Este ano, "a maior wine party de Portugal", nome adotado por influência do Presidente da Câmara, António Barbosa, conta com o maior número de sempre de produtores da sub-região de Monção e Melgaço presentes (33), além de 20 tasquinhas, cinco restaurantes e 19 expositores de artesanato e instituições. O autarca de Monção acredita que esta vai ser uma edição histórica.

"A expectativa está muito alta. A promoção este ano foi muito forte. O evento transformou-se. A nossa feira é considerada a maior wine party de Portugal, tem visitas dos 8 aos 80, e, por isso, contamos com mais de 100 mil pessoas. Nos últimos anos andamos pelas 80 mil, mas agora temos muito mais certezas de ultrapassar esse patamar", declarou António Barbosa, referindo que após o encerramento no domingo, haverá "com a contagem, pela primeira vez, a ideia concreta daquilo que é hoje a feira do Alvarinho de Monção". "Hoje as pessoas vem de manhã, à tarde e à noite. Esta feira tornou-se um negócio, desde a pessoa que vem passear e comprar uma caixa de vinho ao jovem que vem à noite ouvir música e partilhar", descreve.

Para além de vinho, também é possível provar na Feira do Alvarinho, doçaria à base do mesmo, como natas e roscas, ou comprar peluches alusivos num ponto de venda próprio.

A animação, principalmente a noturna, é um dos trunfos do evento, que este ano teve promoção em rádios nacionais de Portugal e Espanha (estão presentes com estúdio no recinto), para arrastar milhares de pessoas. Esta sexta-feira, tem como uma das grandes atrações Fernando Alvim, que marcará presença como dj, entre a meia-noite e as 2.30 horas e já se tornou um emblema das noites do Alvarinho.

A feira conta também com um "espaço harmonias", onde enólogos, confrarias e especialistas, harmonizam Alvarinho com produtos gastronómicos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG