Tradição

S. Jorge derruba dragão no tradicional combate da Coca de Monção

S. Jorge derruba dragão no tradicional combate da Coca de Monção

O combate foi duro, mas o desfecho foi feliz: O cavaleiro S. Jorge venceu o maléfico dragão, Coca, esta quinta-feira. A vitória augura assim que as próximas colheitas serão boas em Monção, região do célebre vinho verde Alvarinho.

O tradicional combate que se repete todos os anos no dia do Corpo de Deus, coloca frente a frente, no anfiteatro do Campo do Souto, o cavaleiro, símbolo do bem, e um dragão feito de latão, que simboliza o mal e já se tornou uma espécie de mascote daquele município.

Este ano, digladiaram-se o dobro do tempo habitual, porque o cavalo negro de nome Douro, montado por S. Jorge, mostrou-se temeroso. Vinte minutos foi quanto levou o cavaleiro a conseguir, tal como ditam as regras, espetar a lança três vezes na boca (até às goelas) da Coca e cortar-lhe uma orelha. Só assim se deu por findo o enfrentamento.

"Se fosse futebol tinha ido a penáltis, porque foi disputado até ao último minuto", disse fonte da Câmara Municipal de Monção, que todos os anos organiza o evento, sempre muito participado e aplaudido pela multidão.

Conta a lenda que inspira aquela tradição de Monção que sempre que S. Jorge sai vitorioso são fartas as colheitas agrícolas, principalmente do vinho Alvarinho.

ver mais vídeos