Chuva

Rio Minho inunda margens em Monção

Rio Minho inunda margens em Monção

O caudal do rio Minho subiu e está a atingir, desde ontem, o antigo balneário termal de Monção, cobrindo a ecovia existente ao longo da margem.

A subida das águas, provocada pelos débitos da Barragem da Frieira (Espanha), também afeta a margem oposta, em Salvaterra do Miño, tendo já coberto uma ecovia, umas termas ao ar livre e atingido um parque infantil.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo, confirmou a subida do rio nas últimas horas devido ao débito de água da referida barragem, mas adianta que "não há razão para alarmismos".

"Não está fora dos valores tidos como normais quando chove mais", declarou a fonte, referindo que "a situação está a ser monitorizada" pelos serviços de Proteção Civil e Bombeiros. Não há ocorrências relacionadas com a situação.

A Barragem da Frieira estará nesta altura a libertar água acumulada "para ganhar encaixe", face às previsões de chuva nos próximos dias. Em Monção a água está a esta altura (12 horas) ao nível do parque de estacionamento das Caldas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG