Vale do Lima

200 mil euros para promover região turística do vinho Loureiro

200 mil euros para promover região turística do vinho Loureiro

Foi lançada esta quarta-feira um campanha de promoção da região do Vale do Lima, como destino turístico associado ao vinho verde da casta Loureiro.

Trata-se de uma iniciativa conjunta dos municípios de Arcos de Valdevez, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Viana do Castelo, em parceria com 39 produtores daquele território. A iniciativa com o lema 'Loureiro do Vale do Lima: Um vinho, um território" contempla um investimento de cerca de 200 mil euros. Estão programadas ações de comunicação em várias frentes: site próprio, com guia de produtores e loja de vinhos virtual, e campanha na rua, com mupis, outdoors, brochura, eventos e conteúdos na imprensa. Na sessão de apresentação realizada esta quarta-feira em Ponte de Lima, foi também divulgado um vídeo promocional, em que o mote é a receção dos visitantes àquela região produtora de vinho com um copo de Loureiro. E indicado como "desígnio" da nova campanha, que se irá desenvolver ao longo de dois anos, "promover uma casta e um território, junto de um público alargado a nível nacional e internacional".

"Esta iniciativa enche-nos de alegria", afirmou o presidente da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV), Manuel Pinheiro, que esteve presente na apresentação, enalteceu a iniciativa das autarquias que "hoje estão muito dedicadas ao desenvolvimento económico e prestam muita atenção ao vinho verde". E apelou à participação dos produtores para que vingue aquela campanha que considerou "fabulosa". "Hoje é o primeiro dia de um projeto que tem que continuar e que só vai ter sucesso se formos capazes de ser muito persistentes", disse.

Brinde a quatro

O momento do lançamento da marca 'Loureiro do Vale do Lima: Um vinho, um território', mereceu um brinde dos representantes do quatro municípios envolvidos. "Nós somos únicos e, portanto, acho que se somos únicos, temos de dar a oportunidade aos outros de beber aquilo que temos de mais fabuloso, que é este néctar, uma casta, um território, um povo e um saber", afirmou o autarca de Arcos de Valdevez, João Esteves.

Já Augusto Marinho, presidente da Câmara de Ponte da Barca, referiu "a cooperação" como uma força para o desenvolvimento da região. "Não tenhamos dúvidas que os municípios ganham cada vez mais se cooperarem entre si", frisou.

De Viana do Castelo, o vice-presidente da Câmara, Manuel Vitorino, considerou a iniciativa conjunta como "um passo de gigante no rompimento daquilo que é o minifúndio mental que ainda vai imperando muito nas nossas cabeças", que proporcionará ganhos ao Vale do Lima.

PUB

Já o vice-presidente da Câmara de Ponte de Lima, Paulo Sousa, assinalou o "momento histórico" vivido esta quarta-feira, com o lançamento de uma campanha que "através de um produto endógeno, tenta ligar o território, ligar o Atlântico ao Gerês", com o objetivo de contribuir a nível nacional para o enoturismo. "Certamente que o Vale do Lima tem muito para acrescentar e para oferecer em termos de valorização do território e de gerar riqueza para os nossos produtores e para todos nós", concluiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG