Freixo

Coveiro morreu quando abria sepultura num cemitério de Ponte de Lima

Coveiro morreu quando abria sepultura num cemitério de Ponte de Lima

O coveiro de Freixo, em Ponte de Lima, morreu, esta segunda-feira, enquanto estava a abrir uma cova no cemitério da freguesia.

De acordo com a GNR, o caso aconteceu pelas 16.50 horas de segunda-feira, quando o homem de 56, que terá entrado em paragem cardiorrespiratória, caiu dentro da cova que estava a abrir.

O coveiro ainda foi assistido no local e transportado para o hospital de Ponte de Lima, mas acabou por falecer.

A GNR isolou o cemitério para despistar qualquer indício de crime e o corpo foi levado para o Gabinete Médico Legal de Viana do Castelo. A Autoridade para as Condições do Trabalho também foi contactada.