Fogos

Vários bombeiros assistidos durante combate a incêndio em Ponte de Lima

Vários bombeiros assistidos durante combate a incêndio em Ponte de Lima

Um bombeiro foi transportado para o hospital "com sintomas de desidratação" e vários foram assistidos no local, durante o combate até cerca da meia-noite de sábado a um incêndio numa empresa de resíduos de plástico e papel em Vitorino das Donas, Ponte de Lima.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), o operacional foi transportado para o hospital de Ponte de Lima, como ferido leve, e ambulâncias na zona do fogo prestaram assistência a outros afetados pelas elevadas temperaturas que se faziam sentir.

Combateram o incêndio 75 operacionais, com 26 veículos, das corporações de Voluntários de Ponte de Lima, Caminha, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca e Viana do Castelo. E também estiveram presentes três patrulhas da GNR e um piquete da EDP.

O incêndio industrial na empresa Gintegral, Gestão de Resíduos Orgânicos, Plásticos e Resíduos Banais, começou cerca das 17 horas, e minutos depois alastrou à floresta ao lado, obrigando à intervenção de um meio aéreo, e equipas dos Sapadores e Voluntários de Viana do Castelo, e de Sapadores Florestais de Ponte de Lima.

O fogo deflagrou num parque ao ar livre de armazenamento de resíduos, e foi considerado extinto mais de cinco horas depois (22.11 horas). De acordo com o CDOS, a ocorrência foi fechada 00.20 horas, mas foram ativados meios para o local devido a pequenos reacendimentos, por duas vezes, às 3 horas e às 8 horas deste domingo.