Romaria

Viana cria dispositivo de socorro para responder a enchente nas festas d'Agonia

Ana Peixoto Fernandes

Festa de Nossa Senhora d'Agonia decorre entre 17 e 21 de agosto

Foto Rui Manuel Fonseca / Arquivo Global Imagens

A cidade de Viana do Castelo vai contar este ano, durante os dias da festa de Nossa Senhora d'Agonia, entre 17 e 21 de agosto, com "um dispositivo de prevenção, proteção e socorro", instalado em plena zona urbana.

Junto à Biblioteca Municipal será montada "uma tenda com 38 metros quadrados", com a presença de meios operacionais e veículos de Bombeiros Sapadores e Voluntários, INEM, PSP, Cruz Vermelha e Polícia Marítima.

"O objetivo é centralizar e aumentar a capacidade e velocidade de resposta", indicou o comandante dos Bombeiros Sapadores de Viana do Castelo, António Cruz, referindo que a instalação deste dispositivo é inédita. "Desta forma é a primeira vez que se faz. É uma concentração dos meios que já costumavam estar presentes na festa mas de forma dispersa, para uma maior proximidade às pessoas. Estamos a falar de mais de um milhão de pessoas durante esses dias", afirmou, adiantando que "a afluência é sempre grande e este ano prevê-se que seja maior porque não houve festa nos últimos dois anos".

Segundo um comunicado divulgado pela Câmara de Viana do Castelo, o dispositivo foi criado "para dar resposta ao significativo aumento de pessoas a Viana do Castelo e perante a previsão de um elevado número de romeiros para a Festa de Nossa Senhora d'Agonia", que decorrerá de 17 a 21 de agosto.

A estrutura "irá funcionar nas horas de maior afluência nos dias da romaria", prevendo-se "a instalação de um Posto de Coordenação Conjunto, a ser guarnecido pelos oficiais de ligação dos Agentes de Proteção Civil, e por operadores de Telecomunicações da Companhia de Bombeiros Sapadores".