Viana do Castelo

Bombeiros em luta não garantem socorro à cidade

Bombeiros em luta não garantem socorro à cidade

Os bombeiros municipais de Viana do Castelo saíram ontem à rua em protesto. Entregaram telemóveis de serviço e avisaram a autarquia de que, a partir de agora, "a cidade está em risco". Contra o "abuso".

Uma manifestação juntou, na tarde de ontem, e na praça central de Viana do Castelo, a esmagadora maioria dos 44 elementos da corporação de bombeiros municipais para reclamar o pagamento "das mais de 4000 horas de trabalho" alegadamente cumpridas em dias de descanso ao abrigo da disponibilidade permanente obrigatória daqueles profissionais.

Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa.