Premium

Construção no Porto e Lisboa rouba mão de obra ao Interior

Construção no Porto e Lisboa rouba mão de obra ao Interior

Construtor de Viana do Castelo confirma tendência de ir buscas mão de obra ao Interior. A AICCOPN pede medidas para suprir problema, sugerindo a criação de regime excecional de mobilidade transnacional.

Cláudio Costa, CEO da empresa de construção civil Baltor, de Viana do Castelo, reuniu anteontem com o departamento de orçamentos, com os dossiês das obras para 2020 em cima da mesa. E a proveniência da maioria das solicitações retrata uma realidade que o presidente da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), Manuel Campos, dá como certa: "Existe um aumento do peso das obras licenciadas nas áreas metropolitanas do Porto e de Lisboa".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG