Alto Minho

Empresa renova apoio de 100 mil euros a projeto que leva teatro às aldeias

Empresa renova apoio de 100 mil euros a projeto que leva teatro às aldeias

A empresa de energias renováveis, VentoMinho, renovou um apoio anual de 100 mil euros ao projeto Comédias do Minho, que leva teatro às aldeias do Alto Minho.

Segundo comunicado divulgado pela companhia, aquela ajuda financeira, que soma já 1,5 milhões de euros, tem sido "um suporte que se tem revelado fundamental" para a manutenção do projeto, que abrange os municípios de Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Valença e Vila Nova de Cerveira.

"O valor anual é de 100 mil euros e tem acontecido de forma ininterrupta desde 2006 até ao presente ano", informa a Comédias do Minho, referindo que "graças a este apoio foi possível desenvolver um trabalho único com a comunidade, através da ampliação das áreas de ação que envolvem a Companhia de Teatro, o Projeto Pedagógico e o Projeto Comunitário e que tornam possível que a cultura chegue a mais pessoas: públicos, criadores, parceiros e profissionais".

O projeto artístico Comédias do Minho nasceu há 14 anos da vontade de cinco municípios de criar "uma companhia de teatro que pudesse levar o teatro às aldeias". O grupo cumpre ainda hoje essa missão "com itinerâncias de 20 apresentações por espetáculo, que podem ter lugar num Cineteatro, numa Junta de Freguesia ou numa aldeia abandonada".

Desenvolve também um projeto pedagógico nas escolas do território, que inclui espetáculos, formações e oficinas para alunos, professores, crianças e famílias. E ainda um projeto comunitário com cinco grupos de teatro de amadores, dirigidos por atores residentes da companhia e que, anualmente, desenvolvem novas criações.

Outras Notícias