Exclusivo

Fé e segurança máximas para a romaria d"Agonia em Viana do Castelo

Fé e segurança máximas para a romaria d"Agonia em Viana do Castelo

Missas ao ar livre com 600 lugares sentados, réplica da santa, fogo de artifício no início e fecho da festa, iniciativas online e tradições da Ribeira vigiadas de perto pela PSP.

Uma salva de morteiros por dia vai anunciar, a partir de hoje, esta edição atípica das festas de Nossa Senhora d"Agonia, em Viana do Castelo, divulgou ontem António Basto, da Comissão Executiva da VianaFestas, que anunciou ainda que no último dia haverá "um pequeno fogo de artíficio". Por causa da pandemia, a cidade que, noutros anos, fervilhava de gente, está serena como nunca.

Onde menos se nota a diferença é nas ruas da Ribeira, onde desde sempre a fé à santa move os corações e o povo não quer deixar de viver a sua festa de sempre ainda que limitado e triste. As fachadas das casas estão engalanadas com motivos marítimos e alusivos à santa, como manda a tradição.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG