Incêndios

Fogos em Viana do Castelo controlados

Fogos em Viana do Castelo controlados

Uma grande quantidade de meios terrestres e três meios aéreos impediram, esta tarde de segunda-feira, que o fogo que lavra desde o final da manhã na serra de Santa Luzia, em Viana do Castelo, chegasse perto de casas e de uma capela na zona de São Mamede.

Segundo o presidente da junta de Areosa, Rui Mesquita "a situação já acalmou" (pelas 17 horas), mas nas últimas horas "o incêndio descontrolou-se e chegou a temer-se o pior". "O fogo andou a cerca de 300 metros da capela de São Mamede e das casas", declarou o autarca, referindo que, devido ao perigo, houve reforço de meios, os mesmos que ainda continuam no terreno. O incêndio foi dado como dominado às 18.26 horas.

Para o local foram cisternas das juntas de freguesia de Carreço e Areosa, operacionais das corporações de Bombeiros de Caminha, Vila Praia de Âncora, Ponte de Lima e os Municipais e Voluntários de Viana do Castelo, de várias equipas de sapadores, da PSP, e da Proteção Civil Municipal e Distrital.

De acordo com a fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo, "não há feridos nem danos materiais a registar" nos três incêndios hoje registados no concelho.

Além de Areosa, a freguesia de Afife foi afetada por um incêndio. As chamas deflagraram às 10.45 e foram extintas "durante a tarde". Já na freguesia de Freixieiro de Soutelo, as chamas que tiveram início cerca das 14.15 horas "continuam ativas, mas [o combate está] a evoluir favoravelmente".

Os três incêndios deflagraram em zona de mato.