Romaria

Mais de 600 mulheres no Desfile da Mordomia em Viana do Castelo

Mais de 600 mulheres no Desfile da Mordomia em Viana do Castelo

O Desfile da Mordomia, primeiro grande número da Festa de Nossa Senhora d'Agonia de Viana do Castelo, vai este ano sair à rua com 619 mulheres oriundas de sete países.

A VianaFestas, organizadora da romaria, anunciou esta terça-feira que o cortejo, que decorre no primeiro dia das festividades e desfila para apresentar cumprimentos às autoridades civis e eclesiásticas, levará mordomas de vários pontos de Portugal, França, Luxemburgo, Brasil, Andorra, Reino Unido e República Checa. As mulheres que envergam com rigor os trajes tradicionais de Viana têm, na sua maioria, idades entre os 20 e os 29 anos. A romaria decorre entre sexta e terça-feira, dia 20 de agosto.

Este é o segundo ano em que as inscrições para o desfile podem ser feitas online e resultou num ligeiro acréscimo de participações. No ano passado inscreveram-se 600 mulheres oriundas de cinco países.

As deste ano são, segundo António Cruz, presidente da comissão de festas da Romaria da Senhora d'Agonia, "vianenses, de nascença ou de amor, que temos espalhadas por estes países e que fazem questão de participar na nossa festa". "Deve ser um motivo de orgulho para todos este nível de interesse e o rigor na arte de trajar que têm, porque é condição essencial do processo de seleção", comentou.

O Desfile da Mordomia tem a particularidade de deixar de prever uma paragem, para cumprimentos, na Câmara Municipal, realizando-se todo o trajeto, a partir das 16 horas, de forma ininterrupta. A sessão de apresentação de cumprimentos às autoridades realizar-se-á durante a manhã, com uma representação das Mordomas.

Regras apertadas

Entre outras regras, a VianaFestas anuncia, com o intuito de "garantir a autenticidade e tradição do desfile", que para o Desfile da Mordomia "está a exigência de idade mínima de 14 anos".

Também indica que o "uso de unhas pintadas ou de gel e maquilhagem não é permitido" e que as mulheres devem possuir, para desfilar, um dos trajes regionais vianenses.

"O rigor e pormenor de todas as peças do respetivo traje, desde os aventais, às saias, passando pelas meias e chinelas, são também condições obrigatórias para participar no desfile", refere a entidade organizadora, concluindo que "nos trajes permitidos no Desfile da Mordomia deverá usar-se peças da ourivesaria popular portuguesa. No entanto, não é permitido o uso de brincos, pulseiras e relógios de bolso colocados ao peito".