Viana do Castelo

Oposição renuncia e provoca eleições para a junta de Darque

Oposição renuncia e provoca eleições para a junta de Darque

A CDU e o PSD entregaram esta segunda-feira os pedidos de renúncia de mandato como solução para o impasse que se arrasta desde outubro com a formação do executivo da junta de freguesia de Darque, em Viana do Castelo.

O Partido Socialista venceu as eleições (37,64% dos votos) e formou equipa apenas com eleitos do seu próprio partido, mas a oposição não abdica de ter representação na autarquia e decidiu provocar eleições antecipadas. Para que a junta caia, era necessário que eleitos de duas forças políticas renunciassem ao mandato.

A renúncia foi anunciada em conferência de imprensa pelos eleitos do PSD Helena Marques e da CDU Augusto Silva.

Nas últimas eleições em Darque, a CDU obteve 28,09% da votação, o PSD 22,41% e o CDS-PP 6,36%.

Na altura o PSD defendeu "a pluralidade do executivo". O CDS-PP, assumiu que aquela força partidária estaria ao lado dos socialistas, por "uma questão de respeito aos eleitores de Darque". E a CDU declarou que não estaria "na disponibilidade de aceitar um executivo com quatro vogais do PS".

ver mais vídeos