Pandemia

Libertadas camas de enfermaria covid em Viana do Castelo

Libertadas camas de enfermaria covid em Viana do Castelo

Oito doentes tiveram alta clínica da enfermaria covid do hospital da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) e foram acomodados numa Estrutura de Apoio de Retaguarda (EAR) instalada no Centro Cultural de Viana do Castelo.

A nova unidade abriu na passada quinta-feira e começou a receber os primeiros doentes em convalescença no fim de semana. Segundo fonte da Proteção Civil, esta terça-feira de manhã o espaço de retaguarda acomodava "oito doentes saídos do hospital distrital".

Recorde-se que a EAR está a funcionar no Centro Cultural de Viana, onde na primeira fase da pandemia foi instalado um hospital de retaguarda, que nunca chegou a ser utilizado, à exceção de uma situação em que serviu de espaço de descanso para bombeiros de corporações que se deslocaram de fora do distrito para combater incêndios no verão.

PUB

Há cinco dias abriu portas com 30 camas disponíveis e capacidade para acolher até 120, ou "em caso de catástrofe" 200. O objetivo da estrutura é acolher infetados com alta hospitalar e de lares de terceira idade com incapacidade de resposta.

Aquando da abertura, o Secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro, que coordena o combate à pandemia na região Norte, disse que a estrutura "abriu no momento certo", deixando antever que seria utilizada face ao "crescente número de casos" de covid-19 e consequente "pressão hospitalar" na região do Alto Minho.

Aquele governante referiu que "o grande objetivo é abrir, pelo menos, um espaço de retaguarda por distrito, e se necessário mais", sendo que no Porto, já existem dois.

Na altura, o Presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil de Viana do Castelo, Miguel Alves, declarou: "À data de hoje (26 de novembro) sabemos que na Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), o número de camas em enfermaria covid é de 81 e dessas apenas quatro estão disponíveis e, em termos de cuidados intensivos, sabemos que temos 25 camas e apenas três estão disponíveis. Este era o momento [de criar o novo espaço]".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG