O Jogo ao Vivo

Windfloat Atlantic

Primeira plataforma de parque eólico flutuante vai ser instalada ao largo de Viana

Primeira plataforma de parque eólico flutuante vai ser instalada ao largo de Viana

A primeira plataforma do parque eólico flutuante Windfloat Atlantic (WFA) vai em breve ser instalada no mar, a 20 quilómetros da costa de Viana do Castelo.

Segundo informação divulgada esta segunda-feira pelo gabinete de comunicação da EDP, líder do consórcio promotor, Windplus, a estrutura "está a ser transportada para alto mar", após ter zarpado de Ferrol, em Espanha. A futura central eólica será constituída por três plataformas semi-submersíveis e com 30 metros de altura, a instalar ao largo de Viana, com "uma distância de 50 metros entre si". Estruturas que foram fabricadas nos portos de Setúbal, em Portugal, e de Avilés e Ferrol, em Espanha".

O Windfloat Atlantic representa um investimento de 125 milhões de euros e é o primeiro parque eólico offshore flutuante da Europa. Produzirá o equivalente à energia consumida por 60 mil casas ao longo de um ano.

O consórcio promotor do projeto é liderado pela pela EDP Renováveis (79,4%) e composto ainda pela Repsol (19,4%) e pela Principle Power Inc. (1,2%). O parque eólico foi contestado pela comunidade piscatória de Caminha a Castelo de Neiva, por causa das alegadas perdas para o sector da pesca, com a ocupação do espaço marítimo, mas entretanto os ânimos serenaram face a indemnizações concedidas pelos promotores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG