O Jogo ao Vivo

Viana do Castelo

Romaria d'Agonia: Alexandrina borda mantos para a Senhora

Romaria d'Agonia: Alexandrina borda mantos para a Senhora

Dia da padroeira dos pescadores celebra-se esta sexta-feira, 20 de agosto, em Viana do Castelo. Bispo de Portalegre-Castelo Branco, D. Antonino Dias, celebrará uma eucaristia ao ar livre, junto ao santuário

Um pai devoto de Nossa Senhora d'Agonia, dedicado a uma filha com deficiência, foi o início de tudo. Alexandrina Rodrigues de 48 anos, empresária de pastelaria e artesã desde os 16, e também devota da Santa, bordou para si um manto para cobrir uma imagem que colocou na montra do seu estabelecimento em Viana do Castelo. O referido pai encantou-se com a Senhora "vestida" por Alexandrina e pediu-lhe que a reproduzisse para oferecer à sua menina.

A partir daí, a criadora não mais parou de bordar a fio dourado, mantos em veludo azul, para imagens da padroeira dos pescadores, cujo dia se assinala hoje (dia 20 de agosto) com feriado municipal em Viana do Castelo.

"O pai pediu-me para lhe fazer a imagem e depois veio com a filha buscá-la. A menina é muito especial. Adora a Senhora d'Agonia. Abraçou-se a mim. Foi uma história que me tocou e decidi, a partir daí, começar a bordar mantos", conta Alexandrina, que desde junho deste ano, com o aproximar da festa, tem levado dias e noites a bordar para responder a pedidos, principalmente de pessoas da Ribeira de Viana do Castelo, onde a devoção mora em todas as casas, e também de comerciantes da cidade para colocarem a Senhora nas suas montras.

Os mantos são debruados com bordado regional ou a reproduzir os desenhados na imagem original. Em três tamanhos: 50 centimetros, 33 e 27. "Tenho a Senhora d'Agonia à venda, mas muitas pessoas trazem a delas para eu colocar o manto", refere Alexandrina, contando: "Apareceu-me aqui a filha de uma senhora da Ribeira que trouxe a imagem da mãe dela às escondidas para lhe fazer uma surpresa. Disse-me: "Vista-ma num instante, antes que a minha mãe dê falta dela".

A devoção à padroeira dos pescadores já tem cerca de 270 anos. Começou em 1751, segundo informação disponível na página da VianaFestas, que organiza a Romaria em sua honra na cidade, que decorre desde esta quinta-feira com programa condicionado à pandemia. A cidade fervilha como se houvesse festa total.

Esta sexta-feira, o Bispo de Portalegre-Castelo Branco, D. Antonino Dias, celebrará uma eucaristia (às 10.30 horas) ao ar livre, junto ao santuário de Nossa Senhora d'Agonia. "A nossa gente vive a devoção com muita fé. Tem por Ela uma especial predileção. Olha para Ela, sem dúvida, como uma mãe, que está atenta e que protege nos momentos de maior aflição", comentou o pároco de Monserrate (onde se encontra o santuário), Vasco Gonçalves.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG