Óbito

Suspensas celebrações fúnebres do Bispo de Viana devido a atraso na chegada do corpo

Suspensas celebrações fúnebres do Bispo de Viana devido a atraso na chegada do corpo

A Diocese de Viana do Castelo suspendeu as celebrações fúnebres do Bispo D. Anacleto Oliveira, esta segunda- feira à tarde, na Sé Catedral da cidade, devido a um atraso na chegada dos restos mortais.

Para esta noite estava previsto um momento de oração após chegada do corpo, mas foi suspenso.

"Devido a atrasos, que são de todo alheios à Diocese de Viana do Castelo, e considerando que, por isso, o horário de chegada dos restos mortais de D. Anacleto é de todo imprevisível, o acolhimento dos mesmos será, unicamente, de caracter íntimo e reservado, pelo que ficam suspensas todas as celebrações previstas para esta noite, mantendo-se todo o restante programa anunciado", anunciou fonte diocesana.

O carro funerário, que transportava a urna com o corpo do Bispo de Viana do Castelo, deixou o Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, às 19.25 horas desta segunda-feira. O corpo foi autopsiado no gabinete médico-legal daquela unidade de saúde, após as 16 horas, e depois de terem sido realizados testes à covid-19.

Esta terça-feira, está previsto que a igreja da Sé abra aos fiéis das 8 às 11 horas. A Celebração Exequial decorrerá às 15 horas, mas é reservada à família de D. Anacleto, aos Bispos e sacerdotes.

O funeral acontece esta quarta-feira, em Cortes, Leiria, a terra natal de D. Anacleto.

PUB

O Bispo de Viana faleceu sexta-feira, aos 74 anos de idade, vítima de um acidente de carro em Beja, quando regressava de férias do Algarve.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG